NorteCar por Messenger

Os donos dos Tesla são malucos. Conheces algum

Image01

Os donos de modelos Tesla são malucos pela Tesla. Já tinha escrito isto no título, não foi? Então vamos concretizar.

Nos últimos meses armei-me em David Attenborough, e fui estudar esta subespécie de amantes de automóveis: os donos de modelos da Tesla. Marca que gera paixões e ódios.

Para levar a cabo este estudo – que como verás obedece a critérios altamente científicos… — aderi a grupos Tesla nas redes sociais, inscrevi-me em fóruns e só não fui a nenhum encontro porque não tenho um… Tesla! Caso contrário teria o disfarce perfeito.
 

gama tesla

Ainda assim, consegui chegar a algumas conclusões:

Os proprietários de modelos Tesla falam entre si durante horas a fio. Escalpelizam cada detalhe, cada pormenor e cada novidade da marca até à exaustão.

Os proprietários de modelos Tesla têm um ídolo: Elon Musk. Para eles, uma espécie de messias dos automóveis.

Os proprietários de modelos Tesla estão convencidos que conduzem — quando conduzem, não é? — os automóveis mais avançados do sistema Solar. Sim, para a Tesla a Terra não chega.


A devoção dos proprietários de modelos Tesla aos seus automóveis é tão grande que lhes dão nomes. Quase todos os nomes parecem inspirados em naves espaciais e/ou em energia elétrica. Spark On, Eletron, Eagle Power…

Apesar de todos os defeitos que lhes possam ser apontados, os modelos Tesla continuam a roçar a perfeição.

Conclusão deste estudo?

Os fanáticos da Tesla são iguais aos fanáticos de qualquer outra marca. Para quem vê de fora, são malucos. Mas entre eles entendem-se bem.

Troquem a marca Tesla, pela marca Porsche, troquem Elon Musk por Ferdinand Porsche. Ou troquem Tesla por Mercedes-Benz e Elon Musk por Karl Benz e o texto não muda uma virgula.

Elon Musk

Seja um carro elétrico ou movido a motor de combustão, a verdade é que os automóveis continuam a aproximar-nos. Que esta saudável loucura pelos automóveis continue.

E se conheces algum “apanhado” pela Tesla, partilha este texto com ele.

Fonte: Razão Automóvel

12-09-2019